• 4020-8811
  • [email protected]
  • Atendimento: Segunda a sexta, das 9h às 20h, Sábado, das 9h às 14h
4020-8811
X
LIGUE GRÁTIS
MARQUE SUA CONSULTA
Segunda a sexta, das 9h às 20h
Sábado, das 9h às 14h

Saiba como manter o sexo ativo na terceira idade

Está em busca de manter o sexo ativo na terceira idade? Listamos algumas dicas para você perder o preconceito e ao falar sobre sexo na terceira idade. O sexo pode ser muito diferente nesta fase.  Mas, se engana quem pensa que os idosos não podem ter uma vida sexual ativa! Para que isso aconteça é necessário perder o preconceito e a a inibição e vergonha ao falar de sexo na terceira idade. Pois os idosos podem e devem ter uma vida sexual ativa. Não há porque acharem que a prática sexual é uma ousadia ousada para a idade.  Nesse sentido, os benefícios são inúmeros, tanto para a saúde do corpo quanto da mente, proporcionando maior qualidade de vida. O sexo, do ponto de vista neurocerebral, faz bem para o corpo inteiro. O orgasmo causa uma descarga de endorfina, que causará efeito calmante e ainda é um potente analgésico, diminuindo eventuais dores no corpo do idoso.

Abaixo, listamos algumas dicas que vão ajudar a manter o sexo ativo na terceira idade e a quebrar o tabu do sexo na velhice:

Em primeiro lugar, é importante aceitar que o tempo de ereção muda. A relação sexual se transforma com a chegada da idade. Visto que a ereção não continuará a mesma de quando você era jovem ou adulto. O corpo muda , principalmente, por conta da redução da testosterona. A Escola de Medicina da Universidade de Harvard elaborou uma lista com dicas super fáceis de exercitar!

Permita-se a novas formas de prazer

É ideal manter uma relação aberta com o parceiro. Afinal, nos dias de hoje existem muitos materiais de autoajuda disponíveis no mercado. É sempre bom buscar informações e conversarem sobre assuntos interessantes relacionados ao tema. No entanto, sexo não é só penetração. E os idosos podem, e devem resgatar a sexualidade de outras formas. Uma dica é o estímulo ou a massagem corporal. Masturbação ou sexo oral mútuo e o toque perianal também são alternativas. Assim, percebem que a rotina da penetração não é essencial para manter o desejo aceso.

Dê tempo ao tempo

Quando o assunto é o orgasmo, investir tempo pode te levar a novos lugares, além de diferentes experiências. À medida que envelhecemos nossos reflexos sexuais ficam mais lentos, fazendo com que seja ainda mais demorado chegar ao ápice. Por isso, a dica é deixar rolar e apostar em um ambiente confortável, tranquilo e sem interrupções.

Valorize a intimidade

Desde que não perca o carinho e o respeito, o casal sempre será ativo sexualmente. É recomendável que não se esqueçam do começo do relacionamento. O principal é entenderem que seus corpos tiveram alterações e que, juntos, precisam se adaptar. Com o contato, a exploração da sexualidade trará mais conforto e proximidade na hora do sexo.

Experimente posições sexuais

Não precisa memorizar o kamasutra, mas explorar diferentes formas de fazer sexo deixa tudo mais interessante.  Além disso, existem posições que facilitam o orgasmo. Portanto aproveitem a “melhor idade” e brinquem a valer!

Acessórios sexuais são ótimos aliados na hora do sexo

Não é porque se está idoso que o casal vai sentir vergonha de explorar este tipo de brinquedo. Os sex toys, como são chamados, também podem ajudar muito na própria relação, aumentando o prazer em algumas posições, já que muitos modelos são pensados para serem usados por duas pessoas, até mesmo durante a penetração.

Não deixe de usar preservativo

No Brasil, foi registrado um aumento de 30% no número de casos de HIV entre idosos. Uma das explicações é que o homem não quer usar camisinha, para não perder a ereção, e assim acaba sendo contaminado. Além disso, os homens continuam sendo férteis e podem engravidar uma parceira sexual que também seja.

Sim, pode transar depois de um infarto!

Há muitos mitos sobre o esforço físico envolvido na atividade sexual. Fato é que não há porque temer fazer sexo após um episódio cardiovascular. Na dúvida, converse com seu médico.

Relaxe na hora do sexo 

Pratique atividades que façam você se sentir bem antes de começar uma relação sexual. Pois é importante acalmar a mente antes do sexo. Vale sair para jantar, exercícios de relaxamento, tomar um drink relaxante, ouvir um pouco de música. Estando relaxado, você se concentra mais no ato sexual e consegue perceber mais as sensações. O mais importante é não entrar em desespero.

Se mesmo com as dicas anteriores a sua saúde sexual não melhorar, ligue 4000-1094 e agende sua consulta! Nossos profissionais vão ajudar  a identificar o que está lhe privando de uma vida sexual satisfatória.

27 de setembro de 2019