• 4020-8811
  • [email protected]
  • Atendimento: Segunda a sexta, das 9h às 20h, Sábado, das 9h às 14h
4020-8811
X
LIGUE GRÁTIS
MARQUE SUA CONSULTA
Segunda a sexta, das 9h às 20h
Sábado, das 9h às 14h

Higiene íntima e saúde sexual do homem

Importância da higiene para a saúde sexual masculina

A higiene íntima masculina requer cuidados que muitos homens não adotam. Até mesmo para os hábitos mais básicos de higiene, como lavar as mãos após urinar ou lavar o pênis corretamente. Provavelmente, os homens acabam por negligenciar alguns hábitos simples de higiene por comodismo. Afinal, não precisam sentar no vaso sanitário para urinar e, muito menos, usar o papel higiênico para se secar.

Entretanto, o que tradicionalmente o homem encara como comodidade é na verdade um mau hábito. Além de infecções, a falta de higiene íntima masculina pode trazer problemas sérios à saúde do homem, como o aumento do risco de surgimento do câncer de pênis.

Apesar de raro (representa apenas 2% dos tumores malignos), a doença pode levar à amputação do órgão e até ao óbito, caso não seja tratada rapidamente. De acordo com o INCA (Instituto Nacional do Câncer), a maior incidência dos casos ocorrem nas regiões norte e nordeste. Dessa forma,  a cirurgia da fimose é considerada a melhor forma de proteção. Capaz de reduzir para zero a probabilidade de contrair a doença.

Hábitos simples como lavar as mãos já fazem a diferença!

É preciso enxugar o seu pênis para que ele não fique úmido. Ainda mais, que a consequência de pênis úmido é a proliferação de fungos. Principalmente, para homens com fimose, os cuidados com a higiene precisam ser redobrados! Pois, possuem mais facilidade de acumular sujeira no pênis e isso pode não acabar bem. Frequentemente, a falta de asseio pode causar uma inflamação chamada balanite, uma inflamação na glande ou no prepúcio (nesse caso, a inflamação recebe o nome de balanopostite). Os principais sinais e sintomas são: sensação de coceira, ardor ou até mesmo dor na glande, que fica com a superfície avermelhada e apresenta secreções purulentas. Caso se prolongue até o prepúcio, a pele nessa região também fica vermelha e dolorida.

Veja aqui outras orientações sobre a higiene íntima masculina!

Antes de mais nada é importante lavar o pênis com especial atenção na hora do banho também! Além de evitar mau cheiro, a limpeza ajuda a previnir infecções por fungos e bactérias. Para limpar completamente o órgão é preciso retrair o prepúcio (pele que recobre a glande), lavar em volta da glande com sabonete neutro e retirar todo o esmegma — secreção branca composta de células epiteliais descamadas, óleos e gorduras produzidas pelas glândulas do pênis – que fica acumulado na região, estendendo a higiene aos testículos, virilha e ânus.

Em relação ao hábito de depilar a região pubiana, especialistas dividem a opinião de que apenas aparar os pelos é suficiente para facilitar a higienização. Pois a depilação dos pelos pubianos aumenta o risco de inflamação cutânea, podendo causar foliculite – inflamação dos folículos capilares. A irritação pode ser agravada por cuecas muito apertadas. Portanto, é indicado o uso de cuecas mais soltas, tipo samba-canção. Pois  facilitam a circulação de ar e evitam a umidade no pênis. Por isso, os modelos feitos de algodão são as mais recomendadas pelos especialistas, já que tecidos sintéticos aumentam a transpiração da região peniana. Não permanecer longos períodos com trajes de banho e peças íntimas molhadas também evitam a proliferação de fungos.

Dicas importantes!

Outra informação muitas vezes desconhecida é a importância de lavar o pênis após a relação sexual. O asseio ajuda a remover o lubrificante do preservativo que se mistura ao sêmen. E lavar as mãos, por mais básico que pareça, é sempre indicado! Lavar e enxugar após urinar!

O descuido dos homens em relação à higiene não se restringe a esse hábito, apenas: muitos não levam a higiene íntima a sério. Quantos homens nunca sequer conversaram com um médico para tirar dúvidas sobre a limpeza do pênis? Ou que nunca nem foram, ao menos uma vez na vida, ao urologista?

A falta de higiene íntima pode trazer problemas para as parceiras sexuais. Pois, devido à anatomia do seu órgão genital, as mulheres estão mais expostas a fungos e bactérias e contraem doenças sexualmente transmissíveis com mais facilidade. Aproveite a hora do banho e capriche na higiene de pênis. Cuide-se para que sua vida sexual seja saudável e cheia de prazer!

 

9 de setembro de 2019