• 4020-8811
  • [email protected]
  • Atendimento: Segunda a sexta, das 9h às 20h, Sábado, das 9h às 14h
4020-8811
X
LIGUE GRÁTIS
MARQUE SUA CONSULTA
Segunda a sexta, das 9h às 20h
Sábado, das 9h às 14h

Psicoterapia ajuda na impotência sexual emocional masculina

Sabia que o bloqueio da libido masculina pode estar ligado a problemas emocionais? Ou mesmo relacionada ao uso de medicações contra depressão e ansiedade. Assim, a psicoterapia sempre pode ajudar a desvendar as causas da impotência sexual emocional masculina.

Muitas vezes, a falta de prazer sexual atribuída aos homens é relacionada diretamente a problemas de disfunção erétil. Mas nem sempre essa é a questão!Em síntese, a impotência sexual masculina pode estar relacionada a causas emocionais. Pois o o bloqueio da libido masculina pode estar ligado a problemas emocionais. Da mesma forma que pode estar relacionado ao uso de medicações contra depressão e ansiedade. Assim, a psicoterapia sempre pode ajudar a desvendar as causas da impotência sexual emocional masculina.

De fato, o percentual de homens com disfunção erétil no Brasil, segundo pesquisas, só tende a aumentar. Do mesmo modo que  cerca que 10% dos brasileiros apresentam este sintoma. As causas deste aumento se devem principalmente ao envelhecimento da população e ao estilo de vida. Podemos citar como fatores de risco gravíssimos para os homens a hipertensão arterial, a diabetes, a aterosclerose e a obesidade. A depressão, alterações genéticas hereditárias, insuficiência renal e hepática, distúrbios da tireóide e hipófise também fazem parte das doenças que influenciam na diminuição da libido.

Psicoterapia ajuda na impotência sexual emocional masculina

Porém, a dificuldade em ter uma ereção pode desencadear problemas da autoestima, depressão e, consequentemente, perda da libido. Uma vida sexual regular faz bem para a sua saúde, mas também satisfaz as necessidades da intimidade emocional, física e sexual; e por este motivo é tão importante procurar um profissional qualificado para lhe orientar sobre suas possíveis alterações físicas e/ou hormonais. 

Por isso, para enfrentar este problema, a melhor coisa é cuidar da mente e manter o corpo saudável para renovar as energias, tratar a questão da melhor forma possível e buscar ajuda especializada. 

Dicas que ajudam na impotência sexual emocional masculina:

  • Praticar exercícios físicos regularmente: praticar esportes ou qualquer atividade física libera endorfina, o hormônio do bem estar;
  • Reserve um tempo do seu dia para fazer o que te faz bem;
  • Leia um bom livro: ler é uma prática relaxante com benefícios diversos para a mente. Desperta criatividade, exercita o cérebro e abre horizontes;
  • Descubra o que te dá prazer no sexo: vivemos em uma sociedade em que o sexo é um grande tabu! É importante se conhecer e explicar a (o) parceira (o) quais são os pontos mais sensíveis e eventuais zonas que trazem mais prazer e quais devem ser evitadas; 
  • Fuja do consumo de álcool e substâncias estimulantes como cocaína: estes são os maiores vilões que causam impotência nos homens;
  • Opte sempre por um cardápio saudável: abuse de legumes, verduras, carnes magras e oleaginosas. A obesidade: pode levar a problemas de saúde e interferir diminuindo o desejo sexual;

 

Procure um especialista:

Aproveite as nossas dicas para ter uma vida mais saudável. Porém o mais  importante é uma avaliação de um psicoterapeuta que irá indicar o melhor tratamento. Uma vez que a falta de desejo sexual está ligada a problemas psicológicos como depressão e falta de autoestima, o aconselhamento pode ser essencial. Dessa forma, em casos físicos, o diagnóstico correto irá rastrear o motivo dessa diminuição podendo identificar desajustes hormonais, problemas nos testículos ou na próstata e indicando o tratamento mais eficaz.

 

Psicoterapia ajuda na impotência sexual emocional masculina

Contudo, a terapia é importante por que ajuda o homem a se acalmar na hora “H” e a ganhar confiança. O psicólogo também ensina técnicas para controlar a ejaculação e prolongar o ato sexual. Em geral, algo em torno de dez sessões é necessário para uma boa resposta. Enfim, não precisa ter vergonha de falar com um especialista sobre ejaculação precoce. Pois são profissionais especializados e que recebem dezenas de casos como esses todos os dias. Eles estão ali para ajudar, sigilosamente e sem julgar ninguém. Em suma: com a ajuda adequada, a cura é bem mais fácil e garantida.

30 de agosto de 2019