• 4020-8811
  • [email protected]
  • Atendimento: Segunda a sexta, das 9h às 20h, Sábado, das 9h às 14h
4020-8811
X
LIGUE GRÁTIS
MARQUE SUA CONSULTA
Segunda a sexta, das 9h às 20h
Sábado, das 9h às 14h

Mitos e Verdades sobre o uso dos anabolizantes:

A câmara técnica de Medicina do Esporte do Conselho Federal de Medicina (CFM) montou uma cartilha sobre o doping para todos os médicos brasileiros. Nesta cartilha, os médicos detalharam os derivados da testosterona com detalhes sobre suas substâncias e seus efeitos. Seu uso não médico é considerado irregular e antiético, além de causarem enorme risco para a saúde.

Usados em alguns casos com indicação médica para o tratamento de algumas doenças, nestes casos, são prescritas apenas doses mínimas, para regularizar a disfunção. São usados para o tratamento de alguns pacientes que não produzem  testosterona ou GH (hormônio de crescimento, ambos produzidos pelo corpo humano). Mas afinal, o que é a Testosterona? É produzida a partir do colesterol, principalmente nos testículos e nos ovários.

Os homens têm até dez vezes mais testosterona circulante que as mulheres, e suas funções incluem desenvolver os caracteres sexuais secundários (como a voz e os pelos corporais) e influenciar a estrutura osteomuscular no sentido de ossos mais densos e mais massa muscular.

Versões sintéticas de testosterona e substâncias “parecidas” com o hormônio são usadas por aqueles que almejam uma forma física difícil ou demorada de alcançar apenas com musculação e alimentação adequada.

Os médicos alertam para as graves consequências causadas pelo uso indevido de esteroides anabolizantes derivados da testosterona tanto para para homens quanto para as mulheres. Causam problemas de disfunção sexual, além de dependência emocional e lesões. 

Usados para aumentar a massa muscular, aguçar a memória, a concentração, aumentar a libido, e melhorar os níveis de energia, muitos jovens têm utilizado anabolizantes alegando que usado por pequenos ciclos não causam nenhum problema de saúde. 

Contudo, não é assim, os médicos especialistas possuem diversas constatações científicas dos efeitos colaterais graves tanto no homem como na mulher.

Aumenta a massa muscular, mas você sabe o que mais eles fazem ao corpo?

O uso sem acompanhamento de um profissional pode trazer graves malefícios à saúde. Mas o que exatamente faz o anabolizante ao corpo?

O consumo gera polêmica entre praticantes de atividades físicas, atletas profissionais ou esportistas amadores uma vez que o produto aparece como uma alternativa rápida de aumentar a musculatura! 

Para esclarecer dúvidas sobre este tema gera tanta curiosidade hoje em dia, selecionamos alguns mitos e verdades para esclarecer dúvidas:

Verdades:

Anabolizantes aumentam a agressividade

O uso de anabolizantes impede a fabricação de serotonina, substância responsável por controlar emoções intensas, além de passar essas informações de um neurônio para outro. Um estudo publicado em 2008, pelo Centro de Criminologia e Justiça Criminal da Florida State University, avaliou cerca de 6.800 jovens entre os anos de 1994 e 2002 e constatou que, homens que tomaram as drogas eram 50% mais violentos quando provocados, do que aqueles que não tomavam o produto. 

O uso de anabolizantes causa atrofia testicular e disfunção sexual 

Estatísticas publicadas em revistas médicas revelam que o uso de anabolizantes causa atrofia testicular e disfunções sexuais em 63,6% dos usuários sem indicação médica; acne em 63,4%; icterícia, e tumores hepáticos em 16%; ginecomastia em 23%.

Anabolizantes causam lesões e doenças graves 

É comum a ocorrência de algumas lesões aos usuários de anabolizantes como ruptura de tendões e ligamentos e dores articulares. Além de doenças como  tumores renais e dos testículos, calvície, hipertrofia cardíaca patológica; infarto do miocárdio por aterosclerose precoce pela elevação do colesterol ruim LDL, hipertensão arterial por retenção hídrica, elevação dos níveis de sódio e fibrose renal, arritmias cardíacas devido à fibrose do miocárdio e hipertrofia global do miocárdio.

MITO 

Suplemento alimentar também é anabolizante

Suplemento alimentar e anabolizantes são coisas completamente diferentes. O primeiro é usado para suprir carências nutricionais, feitos de alimentos e extrato de alimentos e não precisam de receita médica para serem utilizados, podendo fazer parte da rotina de quem quer manter ou melhorar o desempenho físico. Enquanto anabolizantes além de serem sintéticos, são, na verdade, indicados para quem tem algum problema de saúde.

Quer tirar dúvidas ou saber mais sobre este e outros assuntos referentes à saúde sexual masculina? Acesse nosso site: mastermedicalgroup.com.br/ ou ligue:  4000-1094 e converse com nossos especialistas.

25 de outubro de 2019