Whatsapp Master Medical Group
Whatsapp Master Medical Group
  • 4020-8811
  • contato@mastermedicalgroup.com.br
  • Atendimento: Segunda a sexta, das 9h às 20h, Sábado, das 9h às 14h
4020-8811 Restrito
X
LIGUE GRÁTIS
MARQUE SUA CONSULTA
Segunda a sexta, das 9h às 20h
Sábado, das 9h às 14h

    Alimentos que aumentam a libido: mito ou verdade?

    Chegamos à metade do ano, época de diversas comidas típicas que combinam super bem com a estação mais fria do ano. Muitos acreditam inclusive que algumas das iguarias contribui para dar aquela “esquentada” na relação e aumentar o desejo sexual. Mas será que isso é verdade? Neste blog, iremos esclarecer essa questão pra você. 

    Entendendo a falta de libido

    A falta de libido é algo natural, que os homens enfrentam à medida que envelhecem. Neste processo, cai o interesse em tudo que envolve o sexo, ainda que os níveis hormonais possam estar dentro da normalidade. 

    Diversos fatores podem ocasionar o problema, tais como:

    Estresse, ansiedade e depressão

    Os três podem influenciar diretamente na falta de estímulo sexual, mesmo que de forma temporária, após anos de normalidade. 

    Deste modo, é importante que ao buscar por ajuda especializada, o homem também examine a sua rotina. 

    Experiências sexuais negativas

    Em outros casos, homens que tenham tido algumas experiências negativas também podem sofrer com o problema. O suporte de um terapeuta ou psicólogo pode contribuir para um maior entendimento de si mesmo.

    Doenças

    A doença renal crônica ou tumores na próstata podem ter como efeito colateral a perda de libido. A explicação para isto está no fato de que cirurgias e alguns medicamentos para tratar as doenças podem influenciar nos níveis de testosterona no sangue. 

    Um exame de sangue é o suficiente para que se possa analisar os níveis hormonais e identificar o problema.

    Se você deseja mais detalhes clínicos sobre o assunto, leia outro texto produzido aqui no blog, que você pode conferir aqui

    Os alimentos influenciam ou não?

    A realidade é que muito se fala a respeito de alimentos afrodisíacos, que seriam os responsáveis por estimular o desejo sexual em homens e em mulheres. Como nosso organismo como  um grande conjunto e a falta de libido pode estar relacionada à queda de alguns nutrientes, como vitamina E, ferro e selênio, podemos dizer que há um pequeno fundo de verdade nesse ponto. 

    O que influencia mesmo é a nossa mente. Por isso, construir um momento íntimo com a parceira(o) e ter um jantar especial tem um peso muito maior pelo simbolismo e pelo clima criado do que por alguma questão ligada aos ingredientes. Sua mente é o maior afrodisíaco de todos! 

    No entanto, se a ideia é ter uma “forcinha” dos alimentos, aqui estão alguns que podem ajudar: 

    • Chocolate: não pode fazer em nenhuma lista do gênero, não é verdade? É o alimento afrodisíaco mais famoso e produz a serotonina, hormônio responsável pela regulação do sono e pela sensação de prazer. 
    • Morango: combina super bem com o chocolate e o vermelho da fruta contribui para a liberação de adrenalina no corpo. 
    • Amendoim: alimento super energético e calórico, que contém boa quantidade de vitamina B3 e age como vasodilatador em nosso organismo. Deste modo, acaba contribuindo para uma disposição na “hora H”. 
    • Vinho: doses moderadas da bebida também podem servir como vasodilatadores. 
    • Ovo de Codorna: ainda que não possua nenhuma relação com o desejo sexual, possui grandes quantidades de vitaminas B1 e B2, cobre, cálcio e ferro.

    Conclusão

    Como dito no tópico anterior, mais importante do que a maneira como os alimentos citados acima agem no corpo, é a mente de cada um. O sexo começa na cabeça. Se a relação “esfriou”, explore a criatividade e redescubra as preferências da sua parceira(o). Caso sinta que o problema possui origem clínica, não deixe de procurar um especialista no assunto. 

    A Master Medical Group é referência no tratamento de problemas da saúde sexual do homem, como falta de libido, ejaculação precoce e falta de ereção.

    Possuímos larga experiência no mercado, com unidades no Rio de Janeiro, Porto Alegre, Curitiba, Belo Horizonte, Brasília, Fortaleza, São Luis e Salvador, além de sermos a única clínica brasileira inscrita na Sociedade Europeia de Medicina Sexual e Andrologia.

    Clique aqui e conheça mais sobre nós!

    7 de julho de 2021