• 4020-8811
  • [email protected]
  • Atendimento: Segunda a sexta, das 9h às 20h, Sábado, das 9h às 14h
4020-8811
X
LIGUE GRÁTIS
MARQUE SUA CONSULTA
Segunda a sexta, das 9h às 20h
Sábado, das 9h às 14h

5 mitos sobre a falta de ereção

A questão da falta de ereção é motivo de piadas e brincadeiras entre os homens. Apesar disso, o assunto é sério e não deve ser encarado como tabu. De acordo com levantamento feito pela Faculdade de Medicina da USP ano passado, 45% dos brasileiros já foram afetados pela disfunção erétil. 

Sendo assim, é importante abordar o tema com clareza, e desfazer alguns “mitos” que são colocados na cabeça do homem ao longo da vida e perpetuam a desinformação. Por isso, neste texto blog iremos abordar 5 mitos sobre a falta de ereção

Disfunção erétil só afeta pessoas mais velhas

Para começar, algo que é bastante comum: a crença de que o problema só afeta homens mais velhos. De fato, por uma questão biológica, é mais comum vermos o problema aparecer em quem possui 40 anos ou mais.

A questão da falta de ereção é motivo de piadas e brincadeiras entre os homens. Apesar disso, o assunto é sério e não deve ser encarado como tabu. De acordo com levantamento feito pela Faculdade de Medicina da USP ano passado, 45% dos brasileiros já foram afetados pela disfunção erétil. 

Sendo assim, é importante abordar o tema com clareza, e desfazer alguns “mitos” que são colocados na cabeça do homem ao longo da vida e perpetuam a desinformação. Por isso, neste texto blog iremos abordar 5 mitos sobre a falta de ereção.

 Contudo, fatores como ansiedade, depressão, problemas de autoestima e também causas orgânicas, como diabetes e deficiências hormonais, podem fazer com que o problema apareça.

O problema possui relação com a falta de libido

Negativo. Como exposto no tópico anterior, a disfunção erétil pode ter diversas outras razões que não a falta de libido. Entretanto, é importante contar com o diagnóstico correto. 

Não ter ereções consecutivas é sinal de DE

Outro mito bastante difundido entre os homens, infelizmente. No entanto, essa é uma questão que depende de uma série de fatores, sejam eles fisiológicos ou emocionais. 

Ter apenas uma falha na “hora H” já indica disfunção erétil. 

De jeito nenhum. Como já exposto em tópicos anteriores, fatores psicológicos também influenciam na hora das relações sexuais. Quando o problema ocorrer, desde a questão seja entendida e tratada, tudo irá fluir bem. 

Realizar vasectomia acarreta o problema

Não. O objetivo da cirurgia é interromper a ligação do espermatozóide para sair do pênis, sem influenciar as ereções. 

A importância de buscar apoio especializado

Para concluir, vale ressaltar que a busca pelo suporte clínico é fundamental para o tratamento. Não acredite em fórmulas mirabolantes, receitas caseiras e coisas do gênero. A disfunção erétil deve ser tratada caso a caso, pois cada ser humano é único, e por profissionais especializados na área. 

Conheça a Master Medical Group

A Master Medical Group é referência no tratamento de problemas da saúde sexual do homem, como falta de libido, ejaculação precoce e falta de ereção.

Possuímos larga experiência no mercado, com unidades no Rio de Janeiro, Porto Alegre, Curitiba, Brasília e Salvador, além de sermos a única clínica brasileira inscrita na Sociedade Europeia de Medicina Sexual e Andrologia. 

Conheça mais sobre o nosso trabalho clicando aqui.

#vidasexualsaudável alimentação alimentaçãosaudável andropausa clínica controleejaculação coronavirus covid-19 cuidadoscomasaúde desempenhosexual DiadoHomem dicas dicasdesaúde dicasparaejaculaçãoprecoce disfunçãoerétil ejaculaçãoprecoce ejaculaçãoprematura ejaculaçãorápida envelhecimentosaudável hormônios importante impotênciasexual mastermedical nutrição psicoterapia qualidadedevida saúde saúdedohomem saúdedohomen saúdemasculina saúdesexual saúdesexualmasculina tratamento tratamentoandropausa vidasexual vidasexualmasculina

1 de outubro de 2020